Let's talk

Conversa Eleitoral de Madrid: Uma plataforma que dá aos imigrantes a chance de votar.

21 April 2021

Não pode votar? Mas você PODE fazer parte da conversa!

Madrid Election Talk foi criada para as eleições de 4 de maio de 2021 para informar e empoderar qualquer pessoa que viva em Madri mas que não tenha direito ao voto. Se entendemos a nossa política local podemos conversar com nossos amigos, nossos colegas, nossos vizinhos e nossa família, e podemos ajudar a influenciar os eleitores de esquerda para impedir que Ayuso seja reeleita!

Os bairros do sul são os bairros mais sub-representados de Madri.

Lavapiés, Usera, Carabanchel, Vallecas, Orcasitas e Villaverde têm uma alta porcentagem de residentes imigrantes, mas também algumas das menores porcentagens de pessoas com direito ao voto. Em Lavapiés, o bairro mais multicultural da Espanha, quase um terço dos residentes possuem passaporte estrangeiro e, mesmo que estejam registrados aqui e paguem seus impostos, ainda não têm direito ao voto nas eleições regionais e nacionais.

Não ter o direito ao voto silencia as vozes de bairros e comunidades inteiras.

Esses bairros e comunidades são o que Safia El Aaddam, uma escritora e ativista, quer dar voz – e ela o faz através da plataforma Votar es un Privilegio, que ela lançou um mês antes das eleições nacionais de abril de 2019. Tudo começou com uma mensagem em sua mídia social:

Você tem me tornado invisível desde que nasci. Mas eu tenho gritado desde que tenho voz. E você nunca me calará.

A plataforma, que se traduz como “Votar é um privilégio”, foi criada originalmente para pessoas que, apesar de terem nascido na Espanha, até hoje não conseguiram obter a nacionalidade espanhola. Safia é uma delas; agora adulta, ela ainda não tem direito ao voto e, muito justamente, chama o sistema democrático espanhol de institucionalmente racista.

Eles querem nos tornar invisíveis, mas não vão conseguir. Nestas eleições, vamos nos fazer ouvir.

Desde o lançamento do Votar es un Privilegio, há dois anos atrás, Safia deu uma oportunidade para qualquer pessoa que viva na Espanha, mas que por qualquer motivo não possa votar, agora possa fazê-lo.

Como a plataforma funciona:

Quem não quer votar (muitas vezes anarquistas ou qualquer pessoa que não seja politizada de forma geral) pode passar seu voto para alguém que adoraria votar, mas que não tem o direito. Votar es un Privilegio coloca essas duas pessoas em contato através do Instagram. A partir daí, as duas pessoas podem iniciar uma conversa e explicar em quem elas querem que o outro vote. O processo de inscrição leva cerca de 20 segundos e você estará conectado com seu contato dentro de mais ou menos uma semana.

Safia afirma em seu site que esta plataforma permitiu que milhares de imigrantes votassem – o que em uma eleição tão apertada pode ser decisivo. 

Traduzido por Twist Medeiros.

You may also like

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

SUBSCRIBE FOR

A FREE COPY OF MY

‘WEEKEND GUIDE FOR LOCALS’

 

SUBSCRIBE TO MY MONTHLY

NO-FRILLS NEWSLETTER!